De mansinho vem chegando e aconchega-se em meu colo.

Com seu olhar lânguido e profundo me fita com carinho.

Procura ajeitar-se mais e mais em mim, e fica tão junto que sinto seu peso em minhas pernas.

Fecha os olhos castanhos, mexe com as orelhinhas e cochila.

Como uma criança, fica quietinha sem mexer-se, como a dizer... não me tire daqui, ta tão bom!

Passo os dedos por entre seus pelos macios, alvos, coço sua barriguinha... e observo.... que linda dormindo!

Que bom se todos os animaizinhos recebessem só carinhos dos seus donos e das pessoas.

Que deles se afastem os maus que não compreendem que desejam apenas carinho e um alimento.

Convivendo com eles aprendemos a não ter amarguras, depressões, tristezas. Não temos uma aparência sombria nunca, pois rimos das suas peraltices.

Agora uma coisa é certa. Rolam lágrimas dos nossos olhos quando os vemos adoentados, acabrunhados. Que sentem? O que teem? Como saber.

Daí precisam não só de carinhos, mas de um veterinário e como custa pouco dar-lhes uma vida saudável!

Enternecida agradeço cada olhar, cada lambida, cada provocação para atrás dela correr pelo quintal, pois tudo me faz tão bem, além de me exercitar com ela.

Em tudo que de bom me dá, desencadeiam-se gestos de amor recíproco, ai... como adoro a minha Laika!

Emudeço ante seu esforço para que eu a compreenda quando salta perto de mim querendo algo.

Tenho absoluta certeza que os homens nunca entenderão um animal, se com eles não conviverem ou pelo menos o respeitarem.

Que se afastem dos animais todos os mal amados que com ódio no coração, deles vingam-se nos adestramentos, nos treinamentos ou no dia a dia.

Quero caminhar pela vida com um bichinho não de pelúcia mas de carne e osso, que me fite docemente, que me peça colo, que corra comigo livre e que eu possa acarinhar e dizer... vem aqui amiga Laika... você é minha e eu sou sua... somos amigas de verdade!

Assim juntas caminhando, iremos não para a glória, mas para o amor e com toda segurança da paz infinita dos corações de um ser humano e um cão, que com pureza edificam uma caminhada longa, com respeito e dedicação.

Vem Laika... dá a patinha dá!

 

 

 

Deixe aqui o seu recado para a autora

 

 


 


 

Pelo EnvioWebaguia

Pelo Outlook

 

Fale com a autora:  lyzcorrea@hotmail.com


Adicionar este site aos seus Favoritos
|    Home    |    Menu    |    Voltar    |

|    Livro de Visitas    |



Desde 29.01.2010,
você é o visitante nº


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 1024 X 768
Copyright© A Gralha Azul - 2009 - Todos os Direitos Reservados