Acordo com a passarada alegre

em revoadas por entre

os galhos dos ipês,

das amoreiras e dos pinheirais!

 

Como que numa lagoa encantada

nas pequeninas poças dágua

deixadas pela chuva da madrugada

mergulham saltitantes...

 

No avançado das noites calmas

ao luar prateado

elas recolhidas aos seus ninhos

em silêncio acolhem os filhotes.

 

Prefiro a manhã radiosa e quente

que como acobreado o sol aparece

nas penas multicoloridas

de todas as aves do Universo!

 

Como um sonhador

no espelho cristalino e mágico

lanço um lânguido olhar

diante de tanto deslumbramento!

 

É no meu rincão

no meu jardim

nos beirais do casario

que fazem seus aconchegantes ninhos!

 

Venham todas as aves pra cá

quero oferecer meu tributo à sua beleza

na quietude das noites claras

ou no burburinho de todos os dias...

 

São os vôos ágeis e pousos calmos

dos passarinhos que nos ecos

de seus cantos

deixam baladas lindas no entardecer!

 

Contem sua história

mostrem seus espectros de luzes

quais os pirilampos nas noites sem luar!

 

Faça do meu jardim a sua morada,

das minhas flores o seu alimento,

das minhas arvores o seu alento,

do meu olhar... o encantamento!

 


 


 

Pelo EnvioWebaguia

Pelo Outlook

 

Fale com a autora:  lyzcorrea@hotmail.com


Adicionar este site aos seus Favoritos
|    Home    |    Menu    |    Voltar    |

|    Livro de Visitas    |



Desde 29.01.2010,
você é o visitante nº


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 1024 X 768
Copyright© A Gralha Azul - 2009 - Todos os Direitos Reservados