Canção de ninar...

que melodia enternecedora

acalenta... afaga

faz adormecer!

 

Na penumbra... quanta luz emerge

quanta ternura

e como num resplandecer

mãos protetoras

envolvem!

 

Das roupas da madona

luzes prateadas emanam

e como numa magia

ouve-se a sinfonia de

anjinhos!

 

Que encanto ter nos braços

e acalentar um corpinho

róseo... todo fofinho...

de um bebê.

 

Ao cantarolar uma cantiga

há suavidade.

É a implantação

de um coração em

outro coração!


 

 


 


 

Pelo EnvioWebaguia

Pelo Outlook

 

Fale com a autora:  lyzcorrea@hotmail.com


Adicionar este site aos seus Favoritos
|    Home    |    Menu    |    Voltar    |

|    Livro de Visitas    |



Desde 29.01.2010,
você é o visitante nº


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 1024 X 768
Copyright© A Gralha Azul - 2009 - Todos os Direitos Reservados