Nas faces duas covinhas...

nos lábios... pétalas de flores...

que colorido existe... no rosto... de uma mulher!

Observando-se a suavidade nos olhares...

percebemos que em seus versos...

poetas glorificam seu... nome...

Ó... MULHER!

Na infinita sabedoria de Deus...

é nela que depositou...

a esperança de novas vidas...

A vida é um tempo...

entre o nascer... e o... morrer!

Na crença suprema que o Universo...

todo poderoso... não possui um teto...

é no ventre materno... que a vida é iniciada...

vai desabrochando tal qual uma rosa...

perfumada e... linda...

Nas fotos de antepassados...

vemos a figura feminina no centro...

ali a mulher está rodeada... por crianças...

e em seus braços um bebezinho!

Emociona nelas... a candura... a meiguice...

No reino animal...

como é gostoso vermos que neles...

também há um grande querer bem...

um cuidado extremado à sua prole!

Bem aventuradas... todas as pessoas que amam!

Certamente nos céus... estrelas... são sinais...

Possuem luzes muito intensas...

suas extremidades... emanam raios prateados...

que contrastam com o manto negro da noite!

Na terra... mulheres percorrem caminhos...

nem sempre cobertos de flores...

mas sabem... contornar aqueles...

onde espinhos poderiam ferir seus pés...

Na evocação da redenção da vida...

nela não há crueldades... nem tiranias...

há apenas uma missão...

sublime... mesmo que efêmera...

ela será... eterna!

Que cintilem na escuridão...

muitas luzes... mas...

que sejam... bem-aventuradas todas as...

MULHERES!

 

.


 


 

Pelo EnvioWebaguia

Pelo Outlook

.

Fale com a autora:  lyzcorrea@hotmail.com


Adicionar este site aos seus Favoritos
|    Home    |    Menu    |    Voltar    |

|    Livro de Visitas    |



Desde 29.01.2010,
você é o visitante nº


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 1024 X 768
Copyright© A Gralha Azul - 2009 - Todos os Direitos Reservados