Na simplicidade de uma canção

abraçamos todos os amores.

Todas as palavras ditas com suavidade

são melodias que encantam.

 

Nos pequenos fragmentos dos sons

perdidos no espaço ou caídos até o chão

são as púrpuras que apanhamos

e colocamos dentro dos corações...

 

Mais tarde retiramos delicadamente...

as pousamos nas pautas,

sublimes instrumentos as tocarão.

 

Como o pássaro ao modular seu trinado

faz anjos bailarem alegremente...

as trepadeiras enrolam-se nos caramanchões

oferecendo flores coloridas ao olhar...

 

A canção é o acalanto dos braços maternos,

o aconchega no ninar,

a caricia no adormecer...

 

Canção da madrugada é como o regato

na aurora perfeita do amanhecer

é sonho de todos os sonhares...

 

 


 


 

Pelo EnvioWebaguia

Pelo Outlook

 

Fale com a autora:  lyzcorrea@hotmail.com


Adicionar este site aos seus Favoritos
|    Home    |    Menu    |    Voltar    |

|    Livro de Visitas    |



Desde 29.01.2010,
você é o visitante nº


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 1024 X 768
Copyright© A Gralha Azul - 2009 - Todos os Direitos Reservados