Na melancolia

uma dor profunda toma conta

como no crepúsculo

quando a luz do dia parte

obscurecendo a natureza!

 

Ontem alegria

presença de alguém

hoje ausência

saudades.

 

Quando a música

inunda a atmosfera

soa lindamente por entre

arbustos e galhos das árvores

liberando sons harmoniosos.

 

No âmago das almas

linhas circundantes

percorrem labirintos

e se vão!

 

Nos dolorosos pactos

dos amores distantes

as caminhadas são sofridas

e por entre alamedas de esperanças

há chamas de ilusões!

 

Na pureza alcandorada

de um afago

votos promissores

bordados em seda

com os cristais

mais puros

das estrelas

dos céus!

 


 


 

Pelo EnvioWebaguia

Pelo Outlook

 

Fale com a autora:  lyzcorrea@hotmail.com


Adicionar este site aos seus Favoritos
|    Home    |    Menu    |    Voltar    |

|    Livro de Visitas    |



Desde 29.01.2010,
você é o visitante nº


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 1024 X 768
Copyright© A Gralha Azul - 2009 - Todos os Direitos Reservados