Ternura é... meiguice... encanto...

como uma poeira que em

pequeninos fragmentos de beijos

no crepúsculo... estalam nos lábios

como em doação!

 

No acalanto das notas musicais

soa lindo... lindo

como o murmúrio das ondas

a quebrarem na praia.

 

Nas doçuras do néctar das flores

envolve apaixonados

que baixinho

fazem juras de amor!

 

Na ternura a refletir sentimentos

os sonhos de cada um

antes adormecidos

revivem como a luz

triunfal de cada manhã!

 

Vigilante das carícias

são as mãos que afagam

que enxugam as lágrimas

derramadas!

 

Com voz angelical se ouça

que lágrimas cessaram

para cristalizem-se em

pequeninos pedaços de diamantes

como no céu

as estrelas estão a faiscar!

 

Ternura... meiguice

encantamento

inquietude

alvoradas

recordações!

 


 


 

Pelo EnvioWebaguia

Pelo Outlook

 

Fale com a autora:  lyzcorrea@hotmail.com


Adicionar este site aos seus Favoritos
|    Home    |    Menu    |    Voltar    |

|    Livro de Visitas    |



Desde 29.01.2010,
você é o visitante nº


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 1024 X 768
Copyright© A Gralha Azul - 2009 - Todos os Direitos Reservados