Sempre que tenho de enfrentar algum problema, já pela manhã, fico um pouco irrequieta, pensando como resolvê-los.

Penso. Calma! O dia está começando, nada se faz com pressa, tem de pensar nas estratégias, nos objetivos, tudo bem planejado para não ocorrerem erros pela precipitação.

Na realidade sou do imediatismo, nada deixo para depois, até meu apelido em casa é “apressadinha” ou “siricotico”.

Faço então o que de melhor posso no momento. Tomo meu café, mesa arrumadinha só para mim, tendo a Laikinha peludinha ao meu lado, linda ela!

Parece que percebe quando estou preocupada.

Impressionante a capacidade dos cães (minhas Titi e Meme) eram assim também.

Tenho que rir da postura dela, pois fica esticadinha no chão com a carinha entre as patinhas peludas... ai... que gracinha... doçura o meu pacote de algodão!

Se vou para o quintal me acompanha quietinha. Observa eu colocar frutas para os passarinhos pois tenho muito cuidado com eles... por alguns minutos acompanho o revoar de alguns que aproximam-se mal eu saio de perto e gulosos pinicam banana, mamão, quirerinha e ração.

Falando com vocês assim de pertinho, posso afirmar que passarinho é uma ave muito exigente... se a fruta não estiver fresca ele não come!

Como é gostoso nos misturarmos com eles, pois na convivência diária até dão uns voos rasantes sobre nossas cabeças!

Por tudo isso, quando retorno para dentro de casa, já a preocupação amenizou, respiro diferentemente parece que mais aliviada, acredito que as ideias brotarão na solução de alguns problemas que pensava-se serem insolúveis.

Tenho a certeza que esse falar com a minha realidade, esse olhar para a natureza, me fazem tão bem quanto eu ganhasse na mega sena... Brincadeira? Lógico que gostaria sim de ser uma das eleitas, mas, paralelamente jamais abriria mão de um quintal, de um jardim, dos passarinhos, da minha Laika, da minha vida.

Ter objetivos, fazer projetos de vida para que se possa ser feliz, basta que saibamos caminhar até o ponto certo... nada de tropeços, desenganos, basta de trilhas tortuosas que maculam ideais.

Espero encontrar um coração como aquele altar onde hinos cantados por anjos surgem coroados com rosas e tornem os dias tão suaves como aquela sinfonia da prece que envolve a alma dos puros.

O tempo passa rapidamente como a água do mar por entre os dedos, mas cremos que o futuro já está escrito e no luzir das lâmpadas divinas lá do alto, indicam rumos para que se consiga ser iluminado e alcançado por uma flecha certeira e alguém venha a lhe estender as mãos e diga... estou aqui... esperava por você há muito tempo!

 

 

 

 

 

Deixe aqui o seu recado para a autora

 


 


 

Pelo EnvioWebaguia

Pelo Outlook

 

Fale com a autora:  lyzcorrea@hotmail.com


Adicionar este site aos seus Favoritos
|    Home    |    Menu    |    Voltar    |

|    Livro de Visitas    |



Desde 29.01.2010,
você é o visitante nº


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 1024 X 768
Copyright© A Gralha Azul - 2009 - Todos os Direitos Reservados