Quero ser como a

Lua Cheia

ter olhos, luzes

receber brilhos

 

Ter a noite como amiga

confidente e companheira.

Que na escuridão

embale todos

meus sonhos

 

Que nunca adormeça

vendo nas estrelas

e nos astros dos céus

pequeninos topázios

que só sabem

brilhar.

 

Seja no silêncio celestial

a única voz a falar-me

de seu amor pelo Sol

que esquece

de aquecê-la

 

Que diga-me

esperar um forte abraço

das irmãs Luas

Minguante e Crescente

 

Que eu possa

na cadência

do vento ameno

varrer os desenganos

as tristezas

alojadas no

coração.

 

E que tenha como guardiã

a noite mais estrelada

que me fale

de poesia

e de amor.

 

 


 


 

Pelo EnvioWebaguia

Pelo Outlook

 

Fale com a autora:  lyzcorrea@hotmail.com


Adicionar este site aos seus Favoritos
|    Home    |    Menu    |    Voltar    |

|    Livro de Visitas    |



Desde 29.01.2010,
você é o visitante nº


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 1024 X 768
Copyright© A Gralha Azul - 2009 - Todos os Direitos Reservados