Do alto, lá do infinito do céu

Chegando a manhã ensolarada nos campos e pradarias

Nada mais encantador que olhar aquela relva

umedecida pelo sereno da madrugada

 

No entardecer aquele crepúsculo anuncia sonhos

Meditações, e as estrelas no firmamento nos dizem

Que é hora da passarada levar seus cantos

Até os ninhos onde filhotes os esperam

 

Toda a magia do anoitecer soa também aquela

Música recebida na véspera da partida

E na emoção dos sons aflora no íntimo

Na alma e coração aquele desejo do retorno

 

Nos instantes de profunda meditação

Levo até vocês

Este Ramão de rosas perfumadas!!!

 

 

 

 

Deixe aqui o seu recado para a autora

 


 


 

Pelo EnvioWebaguia

Pelo Outlook

 

Fale com a autora:  lyzcorrea@hotmail.com


Adicionar este site aos seus Favoritos
|    Home    |    Menu    |    Voltar    |

|    Livro de Visitas    |



Desde 29.01.2010,
você é o visitante nº


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 1024 X 768
Copyright© A Gralha Azul - 2009 - Todos os Direitos Reservados