Nos céus ribombam

nas estrelas sons....

vêm como cascatas...

tombando de penhasco

em penhasco,

explodindo!!!

Novos sóis surgem no infinito

galáxias espirais... elípticas

Maravilhosas!

 

Corpos extensos,

Difusos como serpentes

Delineiam formas esguias

No navegar suave

como plumas aladas

surgem soberanas!

 

Na Terra... um coro

de pássaros canoros

encantam... seduzem...

 

Num bailado resplandecente

com luzes, brilhos, névoas

surgem nos espaços

de um azul turqueza

 

Conchas peroladas

abrem-se alvissareiras

nas rochas

do mar

 

Baixando sobre elas...

Delicadamente...

anjos apanham pérolas

uma... a... uma

bordando-as num manto

iluminado!

 

A vida é assim

Devemos vê-la como o céu.

Iluminada, livre

Expandindo-se

Bela... Feliz!


 

 


 


 

Pelo EnvioWebaguia

Pelo Outlook

 

Fale com a autora:  lyzcorrea@hotmail.com


Adicionar este site aos seus Favoritos
|    Home    |    Menu    |    Voltar    |

|    Livro de Visitas    |



Desde 29.01.2010,
você é o visitante nº


Página melhor visualizada  em Internet Explorer 4.0 ou Superior: 1024 X 768
Copyright© A Gralha Azul - 2009 - Todos os Direitos Reservados